Não se esqueça!

.
O Blog Ana e os Bonecos está com novo formato e muitas novidades para vocês!
Não deixem de visitar: basta clicar sobre a imagem abaixo e você será redirecionado.
Ou se preferir, digite www.anaeosbonecos.com.br no seu navegador.
.

O novo Ana e os Bonecos já está no ar! E agora com muito mais espaço e praticidade, e com o uso de ferramentas exclusivas para levar toda o encanto do Teatro de Bonecos até você.
Basta clicar sobre o convite acima e você será direcionado ao novo blog.
Estamos esperando sua visita!

Equipe Ana e os Bonecos



"Belas e lúdicas as ilustrações prendem a atenção e despertam a fantasia que une adultos e crianças." (Bons Fluídos, fev. 2009)



* Acima, lápis de cor e aquarela sobre canson. Analu Alves - 05/2010.



Páginas

.
*Lápis de cor sobre Canson. Início - Festa Junina; Links - Congado; Técnica - Festa do Divino; Mamulengo; Fotos - Bois Caprichoso e Garantido; Agenda - Procissão do Fogaréu.



Ana e os Bonecos - Tradutor

Ana e os Bonecos - Pesquisa

06/07/2008

Ana e os Bonecos - Excelente Reportagem - Fantoche como Fazer e Usar






No site "TILZ – Tearfund International Learning Zone" encontrei uma interessante reportagem sobre teatro de bonecos. Neste site, o teatro de bonecos, é apontado como uma ferramenta de trabalho capaz de "diminuir distâncias" (público e atuantes em grupos sociais)e abordar temas polêmicos. Assim, o método com o teatro de bonecos, vem sendo empregado em ONG's e Grupos "sérios" que trabalham com as sociedades em todo o mundo...

O pensamento da Tearfund International, em muito se aproxima da crença do Grupo Oficina 33, do qual faço parte. Acreditamos no lúdico como grande atrativo de crianças e adultos e apostamos na facilidade que os bonecos têm de contar causos, abordar temas polêmicos, reunir pessoas... Mais que palestras ou qualquer outra ferramenta comumente empregada.

No site há ainda uma série de reportagens sore trabalhos, projetos e informações de grupos que atuam em comunidades pelo mundo. Abaixo, a reportagem sobre o teatro de bonecos.

Para conhecerem o site, ecessem:


Abraços embonecados...

Ana

Fantoches - Como fazer e usar

Quando uma pessoa que trabalha na área da saúde ou animador diz a alguém que ele/ela é ignorante ou que está errado em sua maneira de viver, a reação natural é discordar. Ele se tornam defensivos a respeito de sua maneira de viver. É criado um obstáculo à aprendizagem. Mas o que acontece se os mesmos problemas forem abordados em uma estória, dramatização ou teatro de fantoches? Ouvir uma estória sobre uma pessoa ou comunidade semelhante com os mesmos problemas do que a platéia ajuda os ouvintes a se identificarem com os personagens – e com as soluções que eles encontram para seus problemas. Quando as pessoas ouvem uma estória, eles descobrem a verdade por si próprias. Estórias e peças teatrais são geralmente mais interessantes do que sermões.

Estórias e peças podem ser compartilhadas com pessoas em hospitais, salas de espera de clínicas, mercados, igrejas e escolas. Elas também são uma maneira útil de se ensinar sobre assuntos difíceis como a AIDS (SIDA), planejamento familiar ou uso de drogas. Qualquer pessoa com conhecimentos básicos sobre saúde ou agricultura pode criar estórias e peças . Decida quais serão as mensagens principais que você quer transmitir. Prepare então uma estória na qual os personagens passem estas mensagens. Inclua vários assuntos de interesse local e talvez algumas situações engraçadas. Tente não incluir muita informação em uma encenação. Se você se sair bem as pessoas vão sempre voltar em outras ocasiões.

Um teatro de fantoches atrai mais pessoas do que um discurso ou discussão. Recentemente, um grupo de promotores rurais de saúde em Chiapas, no sul do México, foram treinados a fazer e usar fantoches. Sempre que eles chegavam em uma comunidade com um teatro de fantoches, uma multidão de todas as idades se reunia. Isto é ideal para instrutores de fora da comunidade que acham difícil obter a confiança dos outros. Se você se tornar conhecido como um animador de fantoches, as pessoas irão esperar sua chegada com ansiedade!

Algumas coisas são ditas de melhor maneira por um fantoche do que por uma pessoa. Eles podem ajudar os adultos a pensarem em questões sociais.

As pessoas podem achar algumas questões muito embaraçosas mesmo em uma dramatização. Mas quando os fantoches abordam estas questões, As pessoas relaxam e se divertem.

Os fantoches são bem práticos. Eles podem ser feitos com materiais baratos e simples. O palco pode ser leve e fácil de transportar. Uma pessoa pode atuar como vários personagens na mesma estória. Há muitas possibilidades em teatro de fantoches. A melhor parte é que enquanto elas estão aprendendo, a audiência está se divertindo!

Apresentamos algumas idéias sobre como fazer fantoches para e contar estórias. Conte-nos como você se saiu!

Fabrico de fantoches de mão
Faça primeiro um molde de jornal. Use sua mão como um guia para medir os tamanhos mas deixe bastante espaço para que sua mão se movimente dentro do fantoche. Corte e costure dois pedaços de tecido. Se você estiver usando uma cabaça, você pode colocar a cabeça diretamente sobre o corpo. Caso contrário, faça um tubo pequeno de papelão para ajudar a prender a cabeça junto ao corpo. Caso contrário, faça um tubo pequeno de papelão para ajudar a prender a cabeça junto ao corpo.
Você pode adicionar as mãos, se quiser (veja acima). Faça um tubo pequeno de cartolina. Cole um dos lados e corte pelo formato de uma mão.

Como fazer a cabeça
Use um pequeno balão, uma cabaça (corte a extremidade) ou grama prensada para conseguir o formato da cabeça. Faça uma pasta de farinha e água ou use cola de papel. Corte tiras de papel de jornal, passe na pasta e faça o formato da cabeça com várias tiras de papel. Deixe secar e então pinte a cabeça. Faça o cabelo de fios de lã, palha ou pele.

Fantoches de cabos de vassoura
Faça a cabeça da mesma maneira. Fantoches de cabos de madeira podem ser bem maiores do que fantoches de mão. O corpo é feito de dois pedaços de madeira bem presos. Faça os braços de pedaços finos de bambu, tubos de papelão ou jornal enrolado e ligue-os com barbante. Você pode usar também um tubo de pano, costurado no cotovelo. Encha os ombros com espuma, grama seca ou panos velhos. Prenda a cabeça firmemente. Faça roupas para bonecos.
Ao representar, pode ser útil prender um pedaço de madeira atrás do palco. Você poderá então prender o boneco com uma presilha ou colocar a extremidade do cabo de vassoura dentro de orifícios feitos previamente para quando o boneco não estiver se movimentando. Assim as suas duas mãos ficam livres para movimentar as mãos do boneco.

Como construir o palcoO palco mais simples é aquele feito apenas com um pedaço de pano preso às cadeiras, árvores ou móveis para esconder os animadores de fantoches. Palcos portáteis de madeira podem ser construídos. Guarde os fantoches em uma caixa ou mala forte para protegê-los.
Informações de Cathy Stubington, DCFRN e David Hilton, Visão Mundial, Austrália.


Related Posts with Thumbnails

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar Analu e os Bonecos e deixar um comentário. O seu comentário será lido, comentado e publicado. Inté breve!
Analu.

 
BlogBlogs.Com.Br